Câmara solicita informações sobre merenda oferecida nas escolas estaduais

Câmara solicita informações sobre merenda oferecida nas escolas estaduais

 

Na sessão de segunda-feira (12), o vereador Osni Freitas (PDT) apresentou o requerimento 095/2017, onde solicita ao secretário da Educação de Santa Catarina, Eduardo Deschamps, informações referentes à alimentação escolar oferecida nas escolas da rede estadual de Lages. A Câmara de Lages aprovou o documento contendo os seguintes questionamentos:

 

1.    Qual empresa responsável pela oferta da alimentação nas escolas da rede Estadual implantadas no município de Lages? Quantas e quais são terceirizadas e quantas fazem auto-gestão da alimentação escolar?

2.    Há cardápio específico predeterminado? Sem sim enviar cópia.

3.    Há cronograma de variação de cardápio? Se sim, com qual frequencia? Enviar cópia.

4.    Qual nutricionista é responsável pela determinação da variação alimentar ofertada no cardápio?

5.    Os alunos e professores têm acesso ao cardápio da alimentação escolar? O mesmo deve ficar em local visível a todos dentro da unidade?

6.    Quem é responsável, na unidade escolar, pela verificação de que se a alimentação está de acordo com o cardápio predeterminado?

7.    Os professores e demais colaboradores integrantes da unidade escolar tem direito à alimentação ou é destinada apenas aos alunos?

8.    Qual a penalidade caso a empresa terceirizada não oferte a alimentação do cardápio predeterminado?

 

Fotos: Divulgação: O Blumenauense e Nilton Wolff (Câmara de Lages)

 

Deise Ribeiro - Jornalista 
Assessoria de Imprensa - camaralages@camaralages.sc.gov.br
(49) 3251-5416